MVIzquierdo

O Lado Esquerdo dos Blogs ou Aquele Blog Onde Você Sente Vergonha Alheia, Mas Tranquilo

Pesquisar neste blog

Translate

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Como ser roteirista

Há 10 anos eu comecei um empreendimento. O de ser roteirista.

De lá para cá, foram muitas páginas, ideias, entrevistas, faculdade, cursos e muito auto-estímulo (porque escrever roteiro sem remuneração e só por exercício, é muito parecido com masturbação; só que sem happy-end).

No Brasil, roteiristas, historicamente, vêm do teatro. Por isso, mesmo os grandes roteiristas da Globo prezam pela verborragia (numa novela dá pra apoiar mais diálogo, mas só). No teatro, fala-se muito. Na televisão/cinema, mostra-se mais.

Todos os amigos que fiz e se dizem roteiristas, são atores e aprenderam muito com o teatro e com propaganda, um mercado relativamente generoso para roteiristas e redatores.

Hoje, estão nascendo alguns roteiristas mais profissionalizados, digamos 'mais estudados'. A grande maioria, estuda fora. E volta pra tentar a sorte.

Mas apesar de tudo, o que ainda tem contado, se você quer começar, é ter muita força de vontade e estudar. Fazer um curso de Cinema e/ou Rádio e TV; e, se ainda essa ideia bater na sua cabeça, fazer cursos em escolas como B_Arco, Operahaus e AIC; além de algumas pós-graduações em roteiro que têm emergido.

E infelizmente, apesar de tudo, ainda escrever de graça; numa linda e terrível masturbação, com um orgasmo pré datado para daqui um bom tempo.

Mas o futuro talvez seja próspero. As coisas estão melhorando, com as cotas de conteúdo nacional para emissoras a cabo.

É esperar, ler muito e de tudo, assistir a tudo e de tudo, e deixar os caracteres dominarem você.

Nenhum comentário: