MVIzquierdo

O Lado Esquerdo dos Blogs ou Aquele Blog Onde Você Sente Vergonha Alheia, Mas Tranquilo

Pesquisar neste blog

Translate

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

104

Depois de um parabéns de 104 anos, férias.

É necessário descanso para reavaliar, inventar, idealizar - e viver pra sempre

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Tu me manques

Todo mundo diz "'saudade', palavra portuguesa; motivo de orgulho nacional!" Ok.

Mas, em francês, existe a expressão "tu me manques", que manifesta saudade.

Tu me manques diz que a pessoa que está longe lhe levou um pedaço. Que agora falta - lacuna.


Mais que saudade - mais que falta - fenda.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

TÁ ME OUVINDO, MENINA!?

Em 2011, eu fiz um post.

O "Namorico". Eu só gostaria de dizer que a menina de 12 anos, 12, da história, teve um filho.


Outro dia, ele chorava - chorava muito -, lá pela meia-noite, 12 pm.

E talvez ela não tenha te ouvido, vovó.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Teve um problema com a máquina da fila rápida

Outro dia, num super mercado, um casal estava na fila ao lado.

Em determinado momento, decidiram "Vamos praquela outra fila, está mais rápida!"

Foram.

E, de lá, viram todos os seus antigos colegas de fila passando com suas compras, e eles parados.

Teve um problema com a máquina da fila rápida.

Teve um problema com a máquina da fila rápida.

Teve um problema com a máquina da fila rápida.


E provavelmente essa frase ecoou muito na cabeça deles. Muito mesmo, já que a fila rápida... bem... teve um problema com a máquina da fila rápida.


quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Jorgeh Ramos

Apesar de o Chespirito ser meu grande mestre, já que foi ele quem indiretamente me estimulou a querer ser roteirista e escritor (e provavelmente pela primeira vez você quisesse que em vez de morrido, ele sim nunca tivesse existido), eu não escrevi nada sobre ele.

Não escrevi porque ainda não é a hora.

Mas escrevo pelo grande ator e dublador Jorgeh Ramos. Esse cara simplesmente foi um dos maiores dubladores de todos os tempos - pois já se foi.

De uma graça, simplicidade e dono das inflexões mais impossivelmente complexas do mundo, fez de, por exemplo, Scar e Jafar os vilões mais diabolicamente engraçados e profundos do mundo da Disney.

Mesmo antes de eu saber o que "inflexão" significava (ainda que ainda não tenha assim...), eu já entendia, dentro de mim, que seja lá o que fosse, "esse dublador aí tem!"

"Se ao menos eu tivesse pegado a Lâmpada!"
"Perdoe-me não pular de alegria... as minhas costas doem"
Se Chespirito me fez gostar de roteiro, Jorgeh me fez gostar de dublagem e atuação.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

escrevendo

É quando eu limpo meus arquivos do computador; ou antigos papéis do criado-mudo, é que eu vejo que, se eu não trabalhar escrevendo, terei perdido 10 anos da minha vida, e, pelo menos, uns

1000000000000000345884000000000002939530000000000000000224839 caracteres.

O negócio é continuar escrevendo.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Perguntas retóricas

"Olá, Marcelinho, como vai?!"

"Oi, bem! Que surpresa, quanto tempo. E você? ..."

E do nada a pessoa já foi embora, fazendo um milhão de outras coisas.

Existem pessoas com quem não conseguimos conversar. Apenas fazer rápidas perguntas retóricas.

Que, obviamente, nunca terão uma resposta.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Nada

Outro dia não aconteceu nada no meu dia.

E talvez este seja o post mais sincero deste blog.