MVIzquierdo

O Lado Esquerdo dos Blogs ou Aquele Blog Onde Você Sente Vergonha Alheia, Mas Tranquilo

Pesquisar neste blog

Translate

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Sobre rir

Eu me esforçando pra sorrir quando aquela pessoa irritante faz uma piada.




terça-feira, 28 de junho de 2016

Irônico

Tenho percebido que talvez a arte dramática trate de outra coisa, além de conflito. Esse tempo todo a resposta estava de baixo do meu nariz.

Irônico.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Chão

Sempre disseram que deixar as coisas no chão, quando em casa principalmente, é errado.

Mas, qual o problema com o chão?

A cama está no chão.

O armário está no chão.

O fogão está no chão.

A casa está no chão.

Tudo indica que, eu mesmo aqui sentado na cadeira (que está no chão), olhando o computador, só por estar com os pés no chão... estou no chão.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Manhã

Aqueles dias em que, logo de manhã, a vida te avisa que nada vai dar certo. 

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Fome

"Quer esse bilhete de loteria de 27 milhões?"

Não, deixa...

"Quer essa viagem à Disneylândia com o Polegar Vermelho?"

Puxa, tou passando...

"Quer essas ações majoritárias do Facebook?"

Cara, vou deixar pra próxima...

"Quer pizza?"

VOCÊ DISSE.... PIZZA?!



terça-feira, 21 de junho de 2016

Sobre ditadura e emagrecimento

~uma pausa para reflexões político-existenciais~

Há umas semanas, Marina Silva lamentou a morte de Jarbas Passarinho - ex-ministro que, dentre tantas, foi o 'papis' do AI5 - pelos benefícios que trouxe ele para o país (ela elencou alguns que nada tinham a ver com a sua posição terrível na ditadura militar).

Em meio a tanta confusão e assombro, neste momento no Brasil, fico ainda pensando sobre isso. Até agora não tive um veredito categórico. O que isso significou, para a saúde da nossa democracia e da nossa consciência coletiva?

Até que ponto exaltar os benefícios do assassino na vida da vítima? -  nenhum, tudo indica.

Mas ele era humano, e por isso, absolutamente paradoxal - provavelmente seus netos o amaram.

Mas, como por exemplo Walter White, um dos grandes anti-heróis da TV, em meio aos seus assombrosos atos, faz com que olhemos para o seu coração, que esconde uma beleza - mas aí é só uma história de ficção. Mas até que ponto é real?

Por fim, talvez exaltar Jarbas seja como alguém que, depois de alguns dias com uma virose quase mortal, vomitando e com uma brutal diarreia, passado o desastre, olha pra si, já bem e recuperado e diz "Olha aí, que bom, eu emagreci!"

Conflitos internos e absolutamente desconexos.

~ voltaremos amanhã com a programação banal ~

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Vênus

Eu achei que fosse um cara legal.

Mas descobri que eu tenho vênus em capricórnio.

terça-feira, 14 de junho de 2016

Pinhão

Dizem que o certo é quase viver em êxtase.

Coma tudo. Treine tudo. Use tudo. Deseje tudo. Mate tudo.


Mas é que às vezes dá um soninho e... ahhhhhh (bocejo); alguém trouxe esse pinhão aqui, que dizem que nem faz tão mal e nem tão bem.

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Não-post

Por mais que pareça, este não é um post deste blog. Nem de outro.

É um não-post.

quinta-feira, 9 de junho de 2016

História sem fim

Ler 700 páginas de um livro de história de 350 páginas.

É possível, quando se lê duas vezes cada capítulo.

Além de possível, desesperador. Ô livro que não acaba.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Imagens para um poema

o celular entendiado

a máquina quebrada

o desastre que trabalha entre nós


a saudade que zomba da sua sombra

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Em cima do muro

De lá dá pra ver os dois lados, de cima.

Em cima do muro é o primeiro lugar onde nós temos de ficar.

quinta-feira, 2 de junho de 2016

O problema sou eu e não você

O problema somos todos nós - esses 7 bilhões de miseráveis.

Mas, realmente, principalmente você.