MVIzquierdo

O Lado Esquerdo dos Blogs ou Aquele Blog Que Tem a Tal da Sacadinha...

Pesquisar neste blog

Translate

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Alma

Eu fico pensando, pensando por horas... como seria se eu fosse aquela pessoa.

Com a história dela,

família dela,

com a voz dela,

corpo,

tônus,

paz ou inferno interior...

Se eu fosse como ela, seria eu como ela?

...

Que exercício impossível.


quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Imagens para um poema

campo de uma grama queimada

um menino cego

o momento do aleitamento da menina


suporte de sapatos

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Coriza

Se o seu nariz está escorrendo, deve ser coriza.

Isso mesmo que você leu. Existe uma palavra praquela água que sai do seu nariz, enquanto você acha que vai morrer, quando está gripado.

Coriza.

De acordo com o IBGE e o IBOPE, 87% da população brasileira desconhece o termo.

CORIZA.

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Sexta

Hoje tá chovendo, nem é sexta.

Hoje tá meio frio, nem é sexta.

Hoje tá tudo acaboso, nem é sexta.


Hoje é sexta. Aceita.

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

segunda-feira, 30 de julho de 2018

IPTU

Vou te cobrar iptu por ficar no celular.

Porque

você

vive

nele,

querido.

sexta-feira, 27 de julho de 2018

quarta-feira, 25 de julho de 2018

1

Aparentemente, escrevendo uma página por dia, dá pra fazer um livro.

Demora, mas dá pra fazer um livro.

terça-feira, 24 de julho de 2018

Trabalho

Quando se termina um trabalho, existe algo além de pendurar ele na parede?

Se alguém souber, me avisa. 

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Imagens para um poema

pisco entornado

a lua minguando

a poça de uísque


um ponto no céu esverdeado

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Terror

Um dos piores terrores de uma vida é estar às 7 da manhã, no metrô abarrotado.

Opa, tá entrando mais gente na Sé.

Você tá atrasado, o job tá esperando. Tão ligando no seu celular.

Tá muito calor, e você sente aquela gota de suor descendo pelas costas até o cofrinho, faz cócega e não dá pra coçar.

E, do nada, a voz do metrô avisa "por motivos de objeto na via, os trens estão andando com velocidade reduzida, e maior tempo de parada".

E ainda tá na Sé.

terça-feira, 17 de julho de 2018

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Segundja

Oi, tudo bem? Como você está?

Eu estou bem, especialmente sensível hoje. Estou sentindo muitas coisas.

Estou muito feliz com a minha vida e com o que eu estou conseguindo conquistar, pouco a pouco.

Mas tenho saudades de tudo. Tenho dias um pouco tristes e que me atenho exageradamente às minúcias e me sinto pequeno.

Hoje estou minúsculo. A saúde de quem eu amo me preocupa. O caminho me confunde. Eu me vejo pequeno, mas quero ser grande, muito grande.

Você está feliz com a sua vida, suponho. Daqui posso ver as novidades.

Muito trabalho, beijos e abraços. Que bom.

O que vejo é j(trecho inaudível)

Mas daí vem uma segunda sensível dessa, e a gente se recosta no sofá.

quinta-feira, 5 de julho de 2018

O Salto 2

O Salto foi uma das poucas bandas nacionais que me fizeram ficar viciado.

Pra mim, não tinha ninguém como eles. Não me lembro como foi que conheci a banda, provavelmente num programa de video-clipes do Canal Brasil, que era transmitido há mais de 10 anos atrás.

O clipe era da música de trabalho Tantos Lugares, me pegou na hora. Depois, graças aos programas de baixar mp3, tipo Kaaza (sim), eu conheci o álbum todo, e não tinha uma única música de que eu não gostasse. Um rock divertido, profundo e cantante. 

O tempo passou. O programa de video-clipes passou. O Kasaa passou. Mas as músicas continuaram em mim. 

Há umas semanas, eu cantarolei uma delas, e pensei "por que não procurar essa banda no spotify?"

Bum, lá estava o álbum A noite é dos que não dormem. E a minha adolescência voltou com tudo.
E, pra minha surpresa, todas as músicas ainda faziam sentido- e muito!

Por isso eu decidi mandar uma mensagem pro vocalista, Fabio Allman, que cantava também no grupo Monobloco, e já cantou vários sucessos com Cássia Eller. 

E ele respondeu.

E o dia ficou alegre. 

Um abraço à adolescência. 



terça-feira, 3 de julho de 2018

Marcello Mastroianni

Quando eu era criança, a coisa mais comum, para mim, era ouvir as pessoas repetindo "Marcello Mastroianni", quando falavam comigo.

"Marcello Mastroianni".

Eu nunca entendia. Até gente da minha idade, na minha escola, falava.

Perguntei pra minha mãe o que raios era Martchélo Mastroianni. Ela me explicou que era um ator italiano antigo e famoso; naquela época, mais antigo que famoso.

Ele tinha feito, há muito tempo atrás, o filme 'Gabriela', aqui no Brasil; provavelmente o motivo de muita gente repetir "Marcello Mastroianni".

E o tempo foi passando, e as pessoas perderam o fascínio de repetir do meu lado "Marcello Mastroianni!" (junto com a mão em formato de coxinha, balançando no ritmo do nome).

Hoje em dia, o que raios é Marcello Mastroianni?


"Marcello Mastroianni"

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Imagens para um poema

quilômetros de testa

um único fio preto

a laranja sem suco


Um prédio torto em chamas

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Motivação

Eu sou aquele tipo de pessoa que vai na palestra de motivação.

Ouve que é necessário esforço!

É necessário ter ideias!

É necessário dar tudo o que tem!

É necessário ser o melhor!!!!!


Bem, eu sou aquele tipo de pessoa que vai na palestra de motivação, e sai deprimido.

Porque, gente, não né.

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Pinhão e milho

Mês de junho, eu quero te agradecer pelas festas juninas e suas quermesses.

Pelo quentão e pelo vinho quente.

Mas principalmente, pelo pinhão e pelo milho.

Obrigado. Mesmo.

terça-feira, 26 de junho de 2018

Loser

O adjetivo 'loser', em inglês, vai além da tradução simplista 'perdedor'.

Para os norte-americanos, é um tipo de categoria de gente, uma categoria social, em muitos casos.

"You're such a loser" pode sim ser tranquilamente traduzido como "você é um perdedor", mas 'loser' está dentro de uma esfera mais moral, e poderia, com sobra, ser traduzido como "Você é um inútil".

Na realidade, 'inútil' é bom, mas não é perfeito; não, não é.

Existe uma palavra da língua portuguesa que expressa a ideia de fracasso moral que a palavra 'loser' carrega em inglês.

E esta palavra é 'bocoió'.


Isso, "Você é um baita bocoió" é a tradução perfeita.


E ponto final.